sábado, 18 de outubro de 2008

"AUMENTO" SALARIAL - 2009

"AUMENTO" SALARIAL - 2009

No meio de toda aquela embrulhada verificada na apresentação do Orçamento de Estado para o ano de 2009 em que o Sr. Ministro das Finanças veio propor para o ano de 2009 aumentos para a função pública de 2,9%. É evidente que as empresas privadas que tencionam fazer aumento de vencimentos no próximo ano irão ter como factor de referência os verificados para a função pública.
Eu pergunto. Será que o Estado Português e as empresas privadas estão preparadas para suportar estes valores? Tenho algumas dúvidas dado o reduzido aumento do crescimento económico no mundo e, em alguns países, mesmo recessão económica.
Com isto, não quero dizer, bem pelo contrário, que o nível salarial da maioria dos Portugueses esteja correcto, ou chegue para fazer face às despesas do dia a dia. O que espero é que num futuro próximo não nos venham cobrar esta factura.
Espero que os 2,9% atribuídos tenham uma base sólida, que não seja apenas um “brinde” de proximidade eleitoral, uma forma de semear para na altura da colheita o fruto cair madurinho em nº de votos.

No entanto deixo um alerta as pensões mais baixas dos nossos idosos continuam com valores que pouco mais dão do que para comprar alguns medicamentos.
Estas sim são para mim situações prioritárias, assim como outras que nos afligem na área social e sobre as quais me irei debruçar mais adiante.
É preciso que tenhamos os pés bem assentes na terra a fim de não nos deixarmos ludibriar.
JC
FOTO DE JORNAL DE NEGÓCIOS

8 comentários:

Vieira Calado disse...

"as pensões mais baixas dos nossos idosos continuam com valores que pouco mais dão do que para comprar alguns medicamentos."
Penso que aqui, está a principal questão.
Isto é ou não um governo socialista?
Um abraço.

f@ disse...

A música de fundo... linda...
e depois a música que nos dão sempre com essa treta dos aumentos .... mas para que queremos essa esmola... 2.9%... triste miséria... nem vou continuar a comentar que ainda sai asneira....
Ai ai que raiva...
Bj e nuvens temporal até cair o governo...

Patti disse...

Muito discurso, muitos números mas sempre pouca visão da realidade dos outros.

BlueVelvet disse...

Para mim, qualquer coisa boa que venha agora do Governo é campanha Eleitoral e não acredito numa palavra.
Idosos? Mas alguém se preocupa com eles neste governo?
Beijinhos

Marcia Barbieri disse...

Texto muito bom e foi uma ótima lembrança falar dos aposentados como prioridade,muita gente esquece deles.

beijos e que o aumento tenha base sólida

Maria Dias disse...

Pelo visto a falta de respeito com o trabalhador e os pensionistas é no mundo todo...Triste ver os idosos tendo q passar tantas humilhações...

Abraços

Maria

Oliver Pickwick disse...

Nem a ex-quase-socialista UE resistiu ao canto de sereia do neo-liberalismo, prezado J Carlos. Neste compasso, num futuro próximo, as remunerações das pensões devem cair ainda mais, pois as previdências públicas da maioria dos países da UE esvaziam-se dia após dia.
Sugiro copiarem o sistema da Islândia enquanto é tempo. Os velhos vikings sabem o que fazem.
Um abraço!

Espaço do João disse...

E que dizer da banca que nas pensões inferiores a 250 euros retiram 4,5 euros para gerência de conta? Isto passa-se pelo menos no BES, não sei se nas outras entidades bancárias procedem da mesma forma. Tenho um familiar a quem eu faço o movimento de conta em virtude de não ter capacidade para tal e, isso acontece. Além das esmolas ainda se subtrai aqueles que menos recebem. É justo? Claro que essas pessoas vão ao banco e como não sabem movimentar essas contas não reclamam.Deste assunto, dei conta pessoalmente ao Senhor Ministro Vieira da Silva. Tomou nota na sua agenda e, disse-me que ia verificar o que se passava. Na mesma ocasião apresentei uma sub-gerente da agência do banco em causa que confirmou o que eu dizia. Estou á espera para quando voltar a tirar o extrato verificar se o problema foi resolvido.