sábado, 2 de maio de 2009

SAÚDE




SAÚDE

Temos vindo desde há alguns dias a ser constantemente bombardeados com notícias nos telejornais sobre a Gripe Suína, mais recentement designada por Gripe A.

Do que nos tem sido dado a saber esta gripe teve origem no México e rápidamente se está a propagar pelo mundo. Mundo, que pelos vistos, não está preparado para um combate rápido e eficaz a esta doença, pois cada dia que passa mais casos aparecem, mais mortes se verificam e a própria OMS, numa escala de 0 a 6 já a classificou com o grau 5, o que quer dizer que ou se resolve com celeridade este problema ou podemos estar à beira de uma pandemia. O que seria uma catástrofe para a humanidade.

O que me intriga no meio de tudo isto é que se fosse para declarar guerra a algum estado soberano ou interferir nos assuntos internos de algum país as grandes potências mundiais já o teriam feito. No entanto, disponibilizar meios financeiros e humanos para sarar este e outros males que que nos afectam e afligem a burocracia é enorme e a morosidade torna-se numa eternidade.

Pergunto.

Até quando?

Deixo este desafio. Se alguém me souber e qiser responder, fico extremamnte agradecido.



Imagem retirada da net


JC


29 comentários:

prafrente disse...

Jc, eu acredito que o mundo está consciente da gravidade deste problema e que as medidas adequadas estão a ser tomadas.É evidente que se houvesse uma pandemia não seria possivel evitar um elevado número de vitimas mesmo que todas as medidas sejam tomadas.
Para já é preciso muito cuidado com a comunicação social.Não resolve problema algum provocar um alarmismo.Há neste momento uma corrida exagerada ás farmácias para comprar um medicamento que não vai resolver coisa alguma.
O problema é preocupante e temos de tomar precauções mas o alarmismo não conduz a lado algum.

Um abraço

Zica Cabral disse...

tens toda a razão, as grandes potencias mundiais estão interessadas em fazer dinheiro à custa da vida de seres humnos, nao em gastá-lo para salvar esses seres humanos. As guerras proporcionam o dinheiro rapido e facil, a saúde nao. A ajuda internacional é encapotada por uma hipocrisia a que serenamente assistimos sem nada poder fazer a nao ser, denunciá-la..
bjs
Zica

Multiolhares disse...

Eu penso que o ser humano está mais empenhado em guerras em tudo o que faça a ira desabrochar.
Se existisse mesmo vontade de ajudar os semelhantes, este mundo não estava na degradação em que se encontra ,como diz a zica cabral existe muita hipocrisia e pouca vontade
beijo

Gasolina disse...

São lobbies e a questão não traz bom nome a ninguém.
Em pleno séc. XXI quando o homem já domou questões relacionadas com o espaço, as comunicações, o próprio copiar de si mesmo noutro igual, faz sentido que alguém acredite que não há forma de travar este "bicho"?!

Pois é, não te consigo responder.
Mas era retórico, não é assim?

Um beijo

Maria João disse...

JC

A questão que colocas não só é pertinente, como é uma questão comum a muitos de nós que temos este vício de reflectir sobre tudo..
Claro que não existe uma resposta, ou uma só resposta. Na minha perspectiva, duas são as motivações que regem toda a conduta humana: o amor e o poder, desta forma é mais fácil perceber porque é que para alguns é tão obvia a urgente intervenção humanitária no mundo e para outros a guerra é a unica justificativa..

Um abraço

Judite Pitta disse...

Olá JC
Não venho dar a resposta que solicita (embora concorde plenamente com tudo que diz) ,mas apenas e só dizer-lhe que fiquei surpreendida (enfim, digamos que agradavelmente..) de ver um dos meus quadros a ilustrar o post que publicou em Março com o mesmo titulo "ÂMAGO", com a devida referência ao meu nome. Tenho que agradecer a preferência, claro. E olhe que de muitos, aquele quadro é um dos meus preferidos.
Gostei do seu blog e voltarei mais vezes. Felicidades para si, JC

Oliver Pickwick disse...

Infelizmente, considero a sua pergunta irrespondível, caro JC.
Epidemias deste tipo são a prova da nossa relativa grandeza na linha do tempo. Em relação à esta, na verdade não passamos de um singelo grão de areia.
Mas da pequenez dos nossos líderes e autoridades capazes de abordarem este assunto com seriedade, esta, não é nem um pouco relativa. É pequena mesmo.
Um abraço!

Vieira Calado disse...

E tanto mais estranho é,
que quem

anda a ganhar com isto é Ramsfeld,

dono da Roche...

Um abraço

amordemadrugada disse...

Olá JC
Pois é! Eu pwenso exactamente da mesma maneira!
E se queres a minha opinião..Dir-te-ei que ...Nunca se resolvem com celeridade casos destes...
Se fosse uma guerrita...Ah....iso sim...bora lá comprar mais armas...
Agora curar pessoas, ou evitar que fikem doentes! Esquece!
e pronto...è o mundo em ke vivemos!
Um abracito, tá?! Boa semanita

neide disse...

Oi JC, sei que a guerra, essa não acaba nunca, como bem dizes, sempre as grandes potências mundiais irão declarar guerra ou interferir em assuntos internos de outro país, não tem jeito... Mas em relação á gripe suína, essa tenho esperanças que seja controlada, pena que até lá muitas vidas terão sido interrompidas, como já está acontecendo. Sabemos os tipos de contágios, vamos tentar evitá-los e ficar atentos a qualquer sinal dela.

Bjss e tenha uma maravilhosa semana.

Rosana disse...

Opinião muito particular minha, é mais rentável lucrar com a doença do que com a cura dela, quantos laboratórios não enqriqueceram ainda mais com o câncer, com a AIDS, com tantas outras doenças, com as que praticamente não existiam mais e que tem voltado, pena meu amigo, mas nós, somos números, beijo no seu coração, boa semana!

BANDEIRAS disse...

Estou contigo amigo, estás coberto de razão.

Bjokas

Palma da Mão disse...

Olá meu amigo JC, realmente o que me preocupa é o facto de pessoas que não estiveram, segundo a OMS, em risco de serem contagiadas, serem já portadoras da estirpe, e como tudo, é necessário tempo, porque existem duas coisas de que não nos podemos esquecer, primeiro rvoltamo-nos contra os testes das vacinas em animais e seres humanos em estado terminal, e depois queremos resultados eficientes?Só se encontra o tratamento perante a doença!Acredito que neste momento estejam reunidos os melhores na área para sim, encontrar ou uma forme de a prevenir, ou de a tratar, tenho fé que sim, acredito que sim...e se bem se recordam da gripe das aves, não foi assim à tanto tempo...rezem, façam as vossas preces, pelos que estão a passar pela dor, e pelos que tentam aliviar a dor de quem directamente acompanha, e se depara com a incapacidade de dar resposta...
beijinhos e obrigada pelo carinho
Liliana

Zica Cabral disse...

obrigado JC um beijnhos para ti tb e um boa semana.

Claudia Goulart disse...

Os interesses dos paises, dos políticos quase nunca vão de encontro do desejo do povo.
Infelizmente não tenho uma resposta além dessa.
bjs

No post de ontem, falo de dicas que os homens poderiam dar para as mulheres. Se quiser passar lá e deixar sua opinião...
bjs

Menina do Rio disse...

Pois é...De epidemia em epidemia vamos sobrevivendo. Alguns não...

Te deixo um beijo

Teté disse...

Não te sei responder, embora tenha a sensação que para muitos governantes o que importa é o lucro e o dinheiro, as pessoas são praticamente secundárias, a não ser no momento das eleições...

Beijinhos!

Amordemadrugada disse...

Olá
Vim deixar um abracito e agradecer as visitas
Pois é passear à beira mar é maravilhoso...sim o mar é conselheiro...dos bons!
kissy JC

Efigênia Coutinho disse...

Enviado por Marília Martins - 5/5/2009- 22:00
ONU pede cooperação mundial para combater gripe suína

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, fez ontem um apelo para que haja cooperação internacional no combate ao virus H1N1, da gripe suína. Segundo ele, um país não pode sozinho deter a proliferação da doença porque os virus não respeitam fronteiras.

_ Deter a proliferação do virus é uma tarefa que exige cooperação internacional. Os países diferem em recursos econômicos e em tecnologia, o que se reflexe em diferentes capacidades de controle de epidemias. Mas a velocidade de propagação da gripe suína em mais de 20 países revela o quanto a cooperação internacional é urgente a fim de impedir a propagação da gripe _ disse Ban Ki-Moon, ao anunciar que nas próximas duas semanas pretende organizar na sede da ONU em Nova York uma conferência internacional a fim de arrecadar fundos para o combate à gripe suína nos países pobre e incentivar a troca de informações científicas para conseguir chegar rapidamente a produzir uma vacina contra a doença.

O secretário-geral disse que há o risco de que haja mutação do virus, o que levaria a uma segunda onda de propagação da gripe suína, e desta vez com mais gravidade. Por isto, ele pediu às autoridades de saúde dos países atingidos pela epidemia para que troquem informações sobre os virus que estão sendo detectados nos exames de pacientes.

_ A experiência que tivemos em 2003 com a gripe aviária (SARS), quando o virus foi imeadiatamente identificado e a doença diagnosticada, serve hoje como um modelo dos esforços da OMS para a cooperação científica internacional. Fechar fronteiras é a pior opção neste momento _ comentou Ban Ki-Moon, sem mencionar explicitamente o caso da China que recentemente deixou em quarentena uma centena de mexicanos.

O coordenador dos trabalhos da ONU contra a gripe suína, David Navarro, foi mais categórico e exigiu que os países que fecharem fronteiras para produtos e cidadãos mexicanos devem explicações ao mundo:

_ Os países-membros da ONU têm obrigação de explicar a racionalidade de suas medidas em material de saúde pública, sobretudo quando se trata de uma doença de propagação mundial como a gripe provocada pelo H1N1. A orientação da OMS deve ser respeitada e seguida. Qualquer restrição ao tráfego de pessoas e de produtos sera ineficaz para deter o virus e terá efeito perturbador para as relações e o comércio internacionais _ disse Navarro.

Desde que a gripe suína foi considerada sob risco de epidemia mundial, vários países tomaram a iniciativa de fechar fronteiras ou dificultar o trânsito de mexicanos: a China deixou em quarentena mais de uma centena de cidadãos mexicanos; Equador, Argentina, Peru e Cuba suspenderam vôos para o México.

ACREDITO QUE QUANTO MAIOR O NUMERO DE INFORMAÇÕES , MAIOR VOCÊS PODERÃO TIRAR SUAS CONCLUSÕES SOBRE O QUE REALMENTE ANDA A ACONTECER SOBRE ESTE CASO DESTA GRIPE SUÍNA AO MUNDO.

JC. TENHO UM NOVO ESPAÇO, DEDICADO AOS AMIGOS , PASSA NESTE LINK,
EFIGÊNIA
http://efigeniacoutinhoselospremiosblogsamig.blogspot.com/

ParadoXos disse...

me re volto sempre aqui neste teu mar, volto sempre meu bom amigo, olha, creio que a resposta a tua pergunta encontra-se no próprio texto...
o ser humano, cada vez mais civilizado, aliás, adepto da imbecilidade, digo!
olha as guerras!!
esta é uma. mais uma.


abraços

Baby disse...

Pergunta pertinente, sim, a que muitos tentaram responder, mas que só os governos podem dar resposta.
É verdade que a ameaça tem sido grande, como quando foi da gripe das aves, mas na prática, os resultados não têm sido assustadores, nem pouco mais ou menos. Devemos pois acreditar que algo está a ser feito.

Obrigada pela visita e pelas coisas lindas que escreveste.
Um beijo.

Bem me quer Bem me quer... disse...

Sinceramente nao estou a ler tanto sobre o assunto para não ficar paranóica, mas rezo para q este mal seja logo resolvido e tb q nao chegue perto de nós.

Um grande abraço

Maria

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá,JC!Você então não sabe porque as providências são demoradas?

Para dar tempo ao laboratório que fabrica o remédio específico de fabricá-lo em quantidades mundiais e enriquecer mais com isso e neste caminho outros ganharão também...

Um beijo carinhoso,sem gripe!!!

Sonia Regina.

Angel disse...

Haviam de os grandes ler o que escreves-te...para ver se abriam os olhos...estou inteiramente de acordo...e a pergunta continua no ar...até quando?...beijinhos

António Gallobar disse...

Sem duvida muito alarmantes as noticias que todos os dias surgem nos telejornais e o que mais me preocupa é a suspeita que estas gripes pedem estar a ser manipoladas ao serviço de interesses obscuros... A mim parece-me e claro espero estar enganado, é que não vai ser nada, todos os paises vão comprar lotes de vacinas, e montes de mascaras, entretanto o virus como está sempre a sofrer mutação, para o próximo ano provavelmente tem que se produzir outra mais eficaz, e por isso não será justa a interrugação que muito bem levanta, até quando esta situação.

Parabens JC pelo belo alerta.

Abraço

Fa menor disse...

Cada vez aparecem mais vírus com características diferentes, o que os torna, penso eu, difíceis de combater eficaz e rapidamente.

Esperamos que surja uma luz forte que combata esta escuridão...

Bjins

Marlene Maravilha disse...

Difícil falar porque cada lugar do mundo tem uma estrutura. Aqui no Brasil será uma calamidade, mesmo que eu tenha fé e a melhor das intencoes. Agora, guerras demonstram o poderio do mundo, e a coisa muda de figura.
Espero que todos se livrem.
beijo grande

MENSAGENS AO VENTO disse...

________________________________


Meu amigo, não há resposta...

Desde os tempos muito antigos que é assim...Os mandantes sempre a defender os próprios interesses em detrimento das necessidades do povo...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Zélia (Mundo Azul)

__________________________________

Maria Dias disse...

E não é q o vírus chegou no Brasil em pleno Rio de Janeiro e no bairo em q fui criada?Chegou com um rapaz q veio do México e já transmitido para outra pessoa aqui no mesmo bairro.Amanhã é dia das mães ia almoçar num restaurante de lá com minha mãe mas nao vou mais...Devo pega-la e irei para outro lugar.O rapaz q trouxe do México a gripe já passa bem.Só nos resta mesmo rezar.

Beijos...

P.S.Acabo de te linkar no Bem me quer...